Resgate Técnico Vertical Avançado

Descrição:

O treinamento de Resgate Técnico Vertical Avançado é direcionado para profissionais que operam em atividades em altura, como acesso por cordas, trabalho em plataformas, torres, estruturas metálicas, entre outros.

Durante o treinamento, os participantes aprendem sobre os principais equipamentos e técnicas de resgate, como a instalação de sistemas de ancoragem, sistemas de progressão, sistemas de resgate, entre outros. Além disso, também são considerados temas como planejamento de resgate, avaliação de riscos, trabalho em equipe e comunicação.

O treinamento é geralmente ministrado por instrutores especializados e experientes em atividades em altura e resgate técnico vertical.

Objetivo do Curso e Público:

O objetivo do curso é capacitar os participantes a realizar resgates em situações complexas e de difícil acesso, utilizando técnicas avançadas de segurança em altura.

Público alvo: O público-alvo do treinamento de Resgate Técnico Vertical Avançado são profissionais que trabalham em atividades em altura e que precisam estar capacitados para realizar resgates em situações complexas e de difícil acesso, como em situações de emergência ou acidentes em torres, estruturas metálicas, plataformas e outras atividades que envolvem o acesso por cordas ou em altura.

Esse treinamento é recomendado para profissionais que já possuem conhecimentos e habilidades em atividades em altura, como o curso de acesso por cordas, por exemplo, e desejam aprimorar suas habilidades em técnicas de resgate. O treinamento também é indicado para equipes de resgate, bombeiros, militares, entre outros profissionais que precisam estar preparados para realizar resgates em situações extremas e complexas.

 

Níveis de treinamento:

Nível 1 – Industrial

Nível básico de qualificação em resgate especificado para o primeiro nível, para o qual a pessoa deve estar habilitada a participar de uma variedade limitada de resgates em altura e/ou em espaços confinados posicionado a partir de uma superfície que requeira seu deslocamento seguro por meio de sistemas de proteção individual de restrição de movimentação, retenção de quedas e posicionamento para movimentação vertical simples de vítimas e resgatistas, em cenários com o emprego restrito de sistemas de resgate de pré-engenharia ou pré-montados, manuais ou automáticos.

Nível 2 – Operacional

Nível inicial de qualificação em resgate especificado para o segundo nível, para o qual a pessoa deve estar habilitada a participar de uma variedade limitada de resgate em altura e/ou em espaços confinados, posicionada a partir de uma superfície que requeira seu deslocamento seguro por meio de sistemas de proteção individual de restrição de movimentação, retenção de quedas e posicionamento para movimentação vertical de vítimas e resgatistas, em cenários com emprego de sistemas montados de vantagem mecânica, sistemas de resgate de pré-engenharia ou pré-montados, manuais ou automáticos, podendo ainda executar progressões diversas por meio de corda, sistemas mecânicos e elétricos, específicos para movimentação e resgate de pessoas.

Nível 3 – Líder

Nível intermediário de qualificação em resgate especificado para o terceiro nível, para o qual a pessoa deve estar habilitada para participar de uma variedade de resgates em altura e/ou em espaços confinados, em qualquer nível de altura, que requeiram movimentação ou deslocamentos básicos de vítimas com ou sem macas, com emprego de sistemas montados de vantagem mecânica, sistemas de regate de pré-engenharia ou pré-montados, manuais ou automáticos, e sistemas de vantagem mecânica, para realizar acesso até a vítima de forma autônoma por técnicas de progressões diversas por corda, sistemas mecânicos e elétricos, específicos para movimentação e resgate de pessoas em todas as direções.

Nível 4 – Coordenador de Equipe

Nível avançado de qualificação em resgate especificado para o quarto nível, para o qual a pessoa deve estar habilitada para coordenar presencialmente uma operação de resgate, elaborar o seu planejamento, avaliar e dimensionar a operação de resgate por corda, estabelecer funções, designar responsabilidades, determinar a execução de tarefas, orientar a montagem de sistemas de movimentação vertical e horizontal, participar de uma variedade de resgates de alta complexidade e desempenhar funções em resgates avançadas em suspensão em que seja necessário ou não o acompanhamento da vítima por um resgatista.

Tabela de níveis e carga horária Níveis

Industrial 16 hs

Operacional 24 hs
Líder 32 hs
Coordenador de Equipe 32 hs

Nível 1 – Industrial

  • NR 33 ou reciclagem e NR 35
  • Curso de 1º socorros carga horária mínima de 16 horas.
  • 5º ano do fundamental

Nível 2 – Operacional

  • NR 33 ou reciclagem e NR 35
  • Curso de 1º socorros carga horária mínima de 16 horas.
  • Ensino fundamental concluído

Nível 3 – Líder

  • NR 33 ou reciclagem e NR 35
  • Curso de 1º socorros carga horária mínima de 16 horas.
  • Ensino Médio concluído
  • Treinamento de Qualificação no nível operacional

Nível 4 – Coordenador de Equipe

  • NR 33 ou reciclagem e NR 35
  • Curso de 1º socorros carga horária mínima de 16 horas.
  • Ensino Médio concluído
  • Treinamento e Qualificação no nível de líder

Características Gerais: 

– Horário: Das 8h às 17h

– Validade: 2 anos

Documentos necessário:

– * 1 foto 3×4

– * Comprovante de escolaridade ensino médio ou fundamental

– * Comprovante de residência (atualizado)

– * Aso ou atestado (apto para trabalho em altura)

– * CPF e RG ou CNH